Os beneficios da obrigatoriedade da ANVISA RDC216

10/setembro
Anvisa, Boas práticas, Procedimentos operacionais, Segurança Alimentar

Você sabia que além de uma obrigatoriedade estipulada pela Anvisa você agora também pode ter vários benefícios implementando a em seu estabelecimento?

Você sabia que além de uma obrigatoriedade estipulada pela Anvisa você agora também pode ter vários benefícios implementando a em seu estabelecimento?

Agora, vamos analisar alguns benefícios dessa importante legislação aos estabelecimentos:

  • Diminuição de falhas e gastos excessivos durante a preparação dos alimentos;
  • Padronização dos processos;
  • Melhoria na manipulação dos alimentos;
  • Melhoria na higiene ambiental e pessoal dos manipuladores;
  • Aumento da credibilidade da empresa e de sua imagem no mercado.

A RDC 216 é dividida em quatro partes. Entenda o funcionamento de cada uma delas:

Primeira Parte

  • Objetivo: nessa etapa são estabelecidos os procedimentos de Boas Práticas para os serviços de alimentação de modo que seja garantido as condições-higiênicos sanitárias do alimento que será preparado.
  • Âmbito de aplicação: é aplicado aos estabelecimentos que realizam atividades como: manipulação, preparação, armazenamento e a exposição a venda como é o caso de cantinas, buffets, lanchonetes, cozinhas industriais, entre outros.

Segunda Parte

  • Alimentos preparados: os alimentos que são preparados e manipulados em serviços de alimentação.
  • Antissepsia: foco na diminuição de microrganismos presentes na pele em níveis seguros.

Terceira parte

Engloba as referências, decretos, normas ou leis que foram consultados, ou base para a elaboração da RDC.

Quarta Parte

Esta é a etapa mais importante uma vez que é onde são definidas de fato as exigências de Boas Práticas para os serviços de alimentação.

Algumas das especificações vistoriadas na quarta parte são: manejo de resíduos, abastecimento de água, manipuladores, preparação do alimento, documentação e registro.

 

Todas as especificações da quarta parte vem descritas de forma detalhada para que as empresas consigam inserir as Boas Práticas corretamente no seu dia a dia.

Portanto, é fundamental ter um bom conhecimento de todas as legislações que se aplicam ao seu negócio de maneira que uma visita surpresa de fiscalização sanitária não lhe prejudique.

O estabelecimento pode ser autuado, multado e até mesmo fechado em caso de irregularidades encontradas no momento da fiscalização. Sendo assim, compreender bem a RDC 216 é importantíssimo.

Esta legislação, contempla o âmbito federal, e contar com uma empresa especializada em segurança alimentar, regularidade, assessoria, e composta por equipe de Nutricionistas e Veterinários para que o estabelecimento esteja adequado a legislação referente aos serviços de alimentação é fundamental para garantir a integridade dos alimentos, a qualidade sanitária, a saúde dos manipuladores e claro, o sucesso de um negócio.

Tenha tua operação acompanhada constantemente, A Controlare Assessoria em Segurança Alimentar atua a 12 anos com o objetivo de auxiliar os estabelecimentos a estarem adequados às normas de Vigilância Sanitária, em âmbito nacional.

Entre em contato e saiba mais.

controlare@controlare.com.br
11 99633 5998 (whatsapp)
11 3828-2400